Faculdade: o que fazer?



Eu sou uma pessoa bem mal decidida e, sinceramente, eu queria saber o que fazer da minha vida. Assim que acabei a escola, fiquei um ano inteirinho sem fazer absolutamente nada, trancada no meu quarto, achando que minha vida era aquilo e eu devia me entregar de vez. Me entreguei mesmo.

Mas logo meus pais se encheram da minha presença em casa todo dia e-e E me mandaram trabalhar. Me arranjaram 3 empregos: um eu trabalhei uma semana, o outro um mês e no ultimo, eu estou até hoje (mais de 3 anos, aiai...).

Então resolvi que minha vida ia ser essa, trabalhar num escritório com coisas que nunca vou entender, pro resto da vida. E me entreguei. Durante um ano. Até que meu irmão teve a brilhante ideia de entrar pra faculdade - ps: ele é 2 anos mais novo que eu.

Minha mãe me convidou gentilmente a eu mesma pagar a minha faculdade também. Tristeza. Mais tristeza ainda porque eu ainda não sabia o que queria fazer, então arrisquei o mesmo que o meu irmão: análise e desenvolvimento de sistemas. Nome bonito? É. Só o nome.

ADS é o tipo de curso pros preguiçosos de plantão que ou querem só um diploma ou tem tempo pra desperdiçar. Sério. O curso não tem direção alguma, tem aulas de hardware (teóricas, infelizmente), de programação, web (design e html), administração (pra que, gente?) e mais coisas chatas e sem sentido.

Pra que tudo isso? Pra formarem mais profissionais rapidamente com conhecimento amplo em qualquer bosta que eles precisem. É a função de um formado em ADS. Tapar buracos, apenas. E eu fiquei triste com isso.

Até cheguei a mudar pro Instituto Federal (que tem o mesmo curso e é de graça, sem contar que é bem melhor), mas o curso não era pra mim mesmo. Então desisti. Quase 2 ano tentando e não deu certo, uma pena.

Procurando mais um pouco, achei um curso super interessante EAD pela Unisul - que é paga. O curso se chama Produção Multimídia, que tem duração de 2 aninhos (que maravilha <3). É meio carinho por ser um curso a distância, mas ta valendo. Eu sinto que é ele quem vai me dar a direção certa.

O curso é bem interessante e já conclui duas matérias das 500 que tem (não são 500, ok? rs). Ele é voltado pra produção de toda e qualquer tipo de multimidia, como sites, jogos e videos. Sem contar que tem a maravilhosa aula de Efeitos Especiais - to louca pra começar!

Por enquanto, sinto que to no caminho certo. Eu gosto de artes e criar coisas novas e bonitas, então to gostando bastante.

Eu sei, você deve tá pensando: Mas essa matéria também é pra tapar buraco! Não exatamente! Até porque não tem tanta defasagem nesses campos, mas é o que eu gosto. Sempre fui bem apaixonada por Web Design. E é isso que eu quero fazer. Ou jogos. Ou trabalhar com cinema. Não sei ainda ):

Mas a gente tem que tentar até descobri. Conheço pessoas que são mais velhas do que eu e já estão na quarta ou quinta faculdade (não, não concluiram nenhuma das outras), e isso me faz sentir ainda mais vontade de continuar tentando.

Falhar não tem problema, todo mundo erra, é normal! Problema mesmo é não tentar ou desistir no meio do caminho. Você tem todo o tempo do mundo pra pensar no que quer ser quando crescer. E se não quiser ser nada, tudo bem. Seja você mesmo onde você se sinta bem e feliz. Faça o que te faz feliz e foda-se essa gente que só pensa em dinheiro. Seja feliz!

Eu to tentando: Fics

Sabe aquele momento único de inspiração? O segundo que pode te fazer virar uma estrela, um gênio do cinema, da arte, da música ou sei la o que você tenha tido uma luz? É, esses momentos são cruciais para a nossa sobrevivência, como pessoa, para nós mesmos. Até por que a realização de um trabalho bem feito e admirado é a realização de uma vida toda.

Eu já tentei de um pouco-tudo. Mesmo. Mas sempre me achei meio que um fracasso-total em qualquer coisa que colocasse as mãos. Era terrível... Eu sempre tive noção de que não era ruim, eu era boa - em comparação com as outras pessoas. Eu era!

A gente cresce e vira essa meleca sem auto-estima e depressão na veia - meia dose, por favor!

Nunca pensei em escrever, mas as vezes tenho uns lapsos de belezuras que não tenho como controlar. Mas meu mal, assim como de muitos (acredito eu), é que não consigo seguir a mesma linha de pensamento por muito tempo. Eu sempre acabo fugindo da idéia principal. Nunca dá certo!

Desde que descobri o Nyah! Fanfiction, tenho tido muita vontade de escrever e foi o que eu fiz. Mesmo não tendo muitos comentários (o que me desanimou), mesmo não tendo muitas favoritadas ou recomendações, ainda acho minhas estorias interessantes e originais.

Mas eu me contento com isso: meus amigos gostaram!

Pra quem não conhece, Nyah! é um universo com fics de naruto, crepusculo e outras coisas com casais shippaveis, conhecidos e super reciclaveis. Ou seja: sem criatividade alguma. E pode piorar sim, existem as tais crossovers com tudo o que se tem direito. 

E você, que não comenta/favorita/recomenda outra coisa alem do seu mundinho restrito: abra os olhos, existem leituras fantasticas por ai. A vida não é apenas feita de reciclagens.

Mas fazer o que né, é como diz aquele velho ditado: nada se cria, tudo se copia!


Quis escrever esse desabafo pois tava lendo uma one-shot lá, bem interessante, sobre como ser um bom autor Nyahzeiro. Não lembro o nome e nem sei o link, desculpem ):

Joguinhos legais & Free

Quem ai curte joguinhos? Eu AMO. Sou louca por joguinhos indie, que contenham alguma história ou moral de vida, super apoio esses tipos de jogos. Por isso, estou sempre procurando jogos novos ou na Steam ou no Humble Bundle (RECOMENDO os dois sites, são seguros e costumam trabalhar juntos. Mas recomendo fortemente o HB, pois sempre tem promoção e os pacotes sempre tem um alto lucro destinado a caridade.), mas há também joguinhos legais e interessantes de graça!

Vou indicar alguns dos meus jogos que mais amo e explicar um pouco sobre eles, com imagens e trailers pra vocês conhecerem mais os joguinhos e sentirem vontade de jogar.

Se quiser perder o tempo (e a vida, os estudos, a noite, o sono) clica pra ver mais e se joga nos joguinhos super legais.


Apps #2 - Fotografia [gratis]

Oi gente, tristes? rs Vim animar a vida de vocês pra fazer esquecer o dia de ontem e deixar seu instagram ainda mais bonito. Eu, particularmente, adoro procurar novos apps de fotografia, para deixar com um ar mais profissa e etc.

Antes de tudo, quero dar umas dicas para usar os apps sem danificar muito a sua foto. Ai vai:
- Não ponha tantos efeitos, eles podem tirar a qualidade;
- Tome cuidado com as ferramentas, como contraste e brilho, quando usados em excesso ou bem pouco, pode tirar a qualidade até de uma foto 4k;
- Não tem como fazer a sua camera de 3 megapixels virar uma de 10, desista! A qualidade da imagem depende da iluminação e da qualidade da sua camera.

Agora vamos aos aplicativos!

#1 Wishlist: Cultural

Bom, sempre vejo wishlist's lindas e cheias de maquiagens, roupas e acessórios, então resolvi fazer a minha diferente, com a minha cara e meus gostos peculiares. A Wish Cultural são meus desejos de livros, idas aos cinemas, receitas e passeios. Bem cultural mesmo. E espero realizar todos esses pequenos desejos durante o ano (acho dificil, por ser o mês da copa, mas vamos lá), caso não consiga, que acumulem os desejos! haha.





Foto: We♥It
  1. Começando com o filme mais esperando do ano: A culpa é das estrelas. Devo confessar que tenho uma ligação muito forte com o livro, porque perdi um tio com cancer e é triste que isso aconteça com pessoas tão novas e com a vida inteira pela frente.
  2. Malévola - CLARO!!! Quero mais que demais assistir esse filme, tão falando tão bem dele, que a curiosidade tá gritando aqui, rs.
  3. Aprender a fazer Hot Rolls! Fiz várias receitinhas japonesas nessas ultimas semanas, como temki, hossomaki e sushi. Eu amo demais e tá na hora de aprender o meu queridinho <3
  4. Comprar furikakes fofos e de div
    Foto: Wikipédia
    ersos sabores. Super recomendo. São temperinhos japones pra arroz, que pode ser usado em macarrão ou temperar carnes, mas com arroz ele já é divino!
  5. Daft Punk - Random Acess Memory. Amo o DP, mas esse CD tá assim o: S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L! Amei as pegadas de baladinhas olds, tá perfeito demais. E esse Pharrel Willians, hein?!
  6. Conhecer Fernando de Noronha. Quem não? Paraíso na terra. <3
  7. Assistir a peça Jesus Cristo Superstar. Sim, sou religiosa. Mas adoro essa visão meio 'gay', musical e com coreografias chicletes, da vida de Jesus. Mas e esse Jesus, hein? Gente...
  8. Viajar nas férias. Falta pouco pra conseguir, só falta saber quando tiro as férias e se vamos conseguir lugar pra ficar. Depois é só partir pra alegria. :D
Bom, por enquanto é isso. Gostaram? Tem dicas culturais pra compartilhar aqui comigo e com os colegas? Posta ai!

Façam vocês também, wishlist cultural! Caso façam, deixem o link ai nos comentários pra linkar aqui. Beijos!